Os componentes iniciais do produto que, no processo de produção, são transformados até adquirirem a forma de bem final são chamados de matéria-prima.

A base econômica da sociedade
  1. A produção
  2. Trabalho
  3. Matéria-prima
  4. Instrumentos de produção
  5. As forças produtivas
  6. Relações de produção
  7. Modos de produção: a história da transformação da sociedade

No exemplo da costureira, sua matéria-prima são o tecido, a linha, os botões, os colchetes. Todos eles participam da confecção da roupa. Por sua vez, a produção desses componentes inciais tem como matéria-prima objeto extraídos da natureza: o algodão, a seda, o metal etc.

De fato, antes e serem transformados em matéria-prima, tais componentes encontram-se na natureza sob a forma de recursos naturais.

Recursos naturais

Para produzir, o ser humano utiliza recursos naturais como o solo (para a agricultura e a pecuária), as rochas (para a mineração), os rios e quedas-d’água (para a navegação e a produção de energia elétrica).

Entretanto, as rochas – como fontes de minérios – são recursos naturais para as sociedades industrializadas, mas não o são para as sociedades que não praticam a mineração.

Assim, a utilização de um recurso natural pode mudar historicamente. Um bom exemplo são as quedas-d’água.

Inicialmente, as quedas-d’água eram apenas um elemento da natureza. Quando se descobriu que era possível gerar energia movendo moinhos (o que ocorreu na Idade Média) e, mais tarde, produzir eletricidade nas usinas hidrelétricas, as quedas-d’água passaram a ser um recurso natural.

Na qualidade de recurso natural, elas tornaram-se parte integrante da economia. Porque, quando o “elemento natural” passa a ser “recurso”, caracteriza-se um uso social do que antes era só natureza.

COMPARTILHE

Faça seu comentário