Uma escola é formada por pessoas que estudam – os alunos – e por pessoas que trabalham – entre os quais o diretor, o coordenador pedagógico, os professores, o secretário e os serventes. Cada um desses indivíduos ocupa uma posição social, um status no grupo. Cada posição está relacionada com as demais, e todas elas, em conjunto, formam a estrutura social da escola.

Os agrupamentos sociais
  1. Grupo social
  2. Agregados sociais
  3. Mecanismos de sustentação dos grupos sociais
  4. Sociologia da juventude
  5. Sistema de status e papéis sociais
  6. Estrutura e organização social

Desse exemplo, pode-se concluir que estrutura social é o conjunto ordenado de partes encadeadas que formam um todo. Dito de outro modo, a estrutura social é a totalidade dos status existentes num determinado grupo social ou numa sociedade.

Cada participante de uma estrutura desempenha o papel correspondente à posição social que ocupa (status). O conjunto de todas as ações realizadas quando os membros de um grupo desempenham seus papéis sociais compõem a organização social. Esta corresponde, portanto, ao funcionamento do organismo social.

Durante o período letivo, a organização da escola é bastante dinâmica. No período de férias baixa a níveis mínimos, pois quase todos os indivíduos que a constituem não estão desempenhando seus papéis.

Assim, enquanto a estrutura social dá ideia de algo estático, que simplesmente existe, a organização social dá ideia de algo dinâmico, em permanente movimento.

A estrutura social se refere a uma totalidade composta de partes, enquanto a organização social se refere às relações que se estabelecem entre essas partes.

Quanto mais complexa a sociedade, maiores e mais complexas sua estrutura e sua organização social.

Tanto a estrutura quanto a organização social são passíveis de mudanças, não permanecem sempre iguais. Elas podem passar, e passam com mais frequência, por processos de mudança social. Exemplos disso são dadas em diversas passagens nos textos publicados e de outros, nas referências a mudanças de comportamento de década para década, como a do papel do homem que divide as tarefas domésticas com a mulher ou as mudanças de papel da mulher no decorrer do tempo.

COMPARTILHE