Durante a colonização do Brasil, houve intenso contato entre a cultura do conquistador português e as culturas dos povos indígenas e dos africanos trazidos como escravos. Em decorrência desse contato, ocorreram modificações tanto na cultura dos europeus recém-chegados – que assimilaram muitos traços culturais dos outros povos – quanto na dos indígenas e africanos, que foram dominados e perderam muitas de suas características. 

Cultura e sociedade
  1. O papel da educação na transmissão da cultura
  2. Identidade cultural
  3. O aspecto material e não-material da cultura
  4. Componentes da cultura
  5. O crescimento do patrimônio cultural
  6. Aculturação: contato e mudança cultural
  7. Contracultura
  8. Socialização e controle social

Desse processo de contato e mudança cultural – conhecido como aculturação – resultou a cultura brasileira. Quando seres humanos de grupos diferentes entram em contato direto e contínuo, geralmente ocorrem mudanças culturais nos grupos, pois verifica-se a transmissão de traços culturais de uma sociedade para outra. Alguns traços são rejeitados; outros são aceitos e incorporados, quase sempre com mudanças significativas, à cultura resultante.

Marginalidade cultural

Na cidade paulista de Tupã – na reserva dos índios Caingangue – vivem, em trezentos alqueires, duzentos indígenas descaracterizados culturalmente. Eles são atendidos por um grupo de funcionários da Funai (Fundação Nacional do Índio); desconhecem totalmente seu passado, não conseguem mais se expressar em sua própria língua, não se lembram mais de seus cantos, de suas danças e de suas antigas práticas de caçadores e pescadores. Também não estão incorporados a cultura da civilização que os cerca. São mansos e tristes.

Quando duas culturas entram em contato, podem ocorrer – além da aculturação – conflitos emocionais nos indivíduos que pertencem a ambas as culturas.

Esses conflitos tem origem na insegurança que as pessoas sentem diante de uma cultura diferente da sua. Aqueles que não conseguem se integrar total mente a nenhuma das culturas que os rodeia ficam a margem da sociedade. A esse fenômeno da-se o nome de marginalidade cultural.

COMPARTILHE