Resumos de Livros

Graciliano Ramos de Oliveira (1892-1953), conhecido apenas como Graciliano Ramos, foi um renomado escritor que também atuou como cronista, jornalista e político. Sua obra mais conhecida é “Vidas Secas”, seguida por “São Bernardo”, “Memórias do Cárcere”, entre muitas outras. O primeiro livro deste romancista foi Caetés, de 1933.

Ela é narrada em primeira pessoa pelo protagonista João Valério. O cenário é o sertão, mais precisamente a cidade de Palmeira dos Índios, Alagoas. Conta uma história de amor e poder. João Valério, personagem central, representa uma problemática do Brasil que passava por sérias mudanças na época.

Resumo

João Valério, narrador e personagem desta história, é introvertido e adora fantasiar. Ele sente-se seduzido pelos ambientes da burguesia. Um dia ele se envolve com Maria Luisa, esposa de seu amigo e protetor, Adrião, que é também dono da firma comercial em que trabalha. O caso de João Valério é denunciado a Adrião através de uma carta anônima. O marido decepcionado comete suicídio. João Valério se sente culpado e ao mesmo tempo não resiste ao poder, uma vez que se torna sócio da firma as custas do amigo morto.

Maria Luisa é uma mulher ambiciosa e possessiva, e apenas pensa em pegar tudo o que o marido deixou, não se importando com João. Ela pensa em enganar João para conseguir o que quer, e ele mesmo sendo de origem humilde percebe suas intenções. Ele abandona a mulher mas não consegue abandonar o cargo e o poder. Esta é uma obra que antecede o que seria Vidas Secas.

O nome Caetés é uma analogia com a história do nativo selvagem Caeté, que devorou o Bispo Sardinha, no século XVII. João tem um lado selvagem como um nativo canibal ao devorar seu amigo Adrião, para conseguir poder. Esta é uma obra em que o personagem faz uma análise de seus próprios instintos, pelos quais é dominado. O livro mistura o fim do movimento naturalista com a literatura realista. A cidade onde acontece a história foi administrada por Graciliano Ramos, que atuou como prefeito em Palmeira dos Índios.

COMPARTILHE

Faça seu comentário