O Governo Jânio durou pouco tempo, apenas sete meses. Isso se explica porque o Presidente renunciou ao cargo muito tempo antes do final de seu mandato.

A fase democrática: de 1946 a 1964
  1. Governo Dutra: de 1946 a 1951
  2. Governo Vargas: de 1951 a 1954
  3. Governo Juscelino Kubitschek: de 1956 a 1961
  4. Governo Jânio Quadros: em 1961
  5. Governo João Goulart: de 1961 a 1964

Mas por que esse governo durou tão pouco e finalizou-se com a renúncia de Jânio? Algumas considerações tentam responder a pergunta: as atitudes contraditórias do Presidente, por exemplo, ao se pronunciar contra o comunismo e ao mesmo tempo condecorar o Ministro da Economia de Cuba, Ernesto “Che” Guevara, com a comenda “Ordem do Cruzeiro do Sul” e também permitir que o vice-presidente João Goulart fizesse visita oficial à China Comunista. Não podemos esquecer que naquela época recebíamos forte influência dos EUA, em plena “Guerra Fria”, e qualquer atitude política do governo brasileiro sinalizando uma possível abertura ao mundo comunista resultaria em severas críticas ou mesmo em punições.

E foi sob muitas pressões políticas internas e externas que Jânio Quadros renunciou ao cargo de Presidente da República em 25/08/1961.

Jânio Quadros discursa durante a cerimônia de diplomação no Tribunal Superior Eleitoral em 31 de janeiro de 1961.
Jânio Quadros discursa durante a cerimônia de diplomação no Tribunal Superior Eleitoral em 31 de janeiro de 1961.
COMPARTILHE