A herança deixada pelo governo Collor ao presidente Itamar Franco não foi das melhores: um país à beira da instabilidade política e um grave recessão econômica. Tentando solucionar esses problemas ou não deixar que eles se agravassem, Itamar procurou fazer um governo de conciliação entre políticos, empresários e líderes sindicais. Para isso, nomeou o então Senador Fernando Henrique Cardoso para chefiar o Ministério da Fazenda. Em pouco tempo, o ministro Fernando Henrique anunciou o Plano Real, cujo objetivo era acabar com a inflação e estabilizar a economia. Em julho de 1994, passou a vigorar no País uma nova moeda, o real, em substituição ao cruzeiro. Sem congelar salários ou confiscar poupanças, o governo e o Plano Real foram tendo o apoio da população.

A redemocratização do Brasil: de 1985 aos dias de hoje
  1. Governo José Sarney: de 1985 a 1990
  2. Governo Collor: de 1990 a 1992
  3. Governo Itamar Franco: de 1992 a 1994
  4. Governo Fernando Henrique: de 1994 a 2003
  5. Governo Lula: de 2003 a 2011
  6. Governo Dilma Rousseff: de 2011 aos dias de hoje

E foi com base no sucesso do Plano Real que Fernando Henrique Cardoso fez sua campanha para disputar as eleições presidenciais de outubro de 1994, tendo como adversário no pleito Luiz Inácio Lula da Silva. Vencendo as eleições, Fernando Henrique tomou posse em janeiro de 1995 acompanhado do Vice-Presidente eleito, Marco Maciel.

Itamar Franco coloca em prática o Plano Real com Fernando Henrique como ministro da Fazenda.
Itamar Franco coloca em prática o Plano Real com Fernando Henrique como ministro da Fazenda.
COMPARTILHE