As revoltas do Período Regencial
  1. Cabanagem (1835-1840)
  2. Balaiada (1838-1841)
  3. Sabinada (1837-1838)
  4. Guerra dos Farrapos (1835-1845)

De 1835 a 1840, o Pará foi o centro de uma rebelião longa, que custou a vida de 40.000 pessoas. A Cabanagem teve como causas imediatas a oposição ao governo central e a não-aceitação da população pobre local, formada por mestiços e índios que viviam em casebres – cabanas – na beira dos rios, aos presidentes de província nomeados pelos regentes. Os cabanos pretendiam separar o Pará do resto do Brasil, além de melhorar as condições de vida da população. Os combates duraram anos, indo de Belém ao interior do Estado, até o completo esmagamento da revolta.

COMPARTILHE

Faça seu comentário