Existem vários estudos sobre a origem do homem americano, e, portanto, do brasileiro nativo, o índio. Mas o que se sabe baseia-se em hipóteses que supõem que o homem nativo da América se originou da Ásia, ou que sua origem está na Oceania ou mesmo que suas raízes estejam na própria América de um ramo de primatas que teria evoluído até chegar à espécie humana propriamente dita (o “homo sapiens sapiens”, isto é, o homem que sabe que sabe). De todas essas teorias, até agora, a mais aceita é a que propõe a origem asiática do homem americano.

De qualquer modo, sobre a pré-história brasileira, sabe-se ainda muito pouco. Algumas pesquisas indicam que homens pré-históricos habitavam o Brasil há 50 mil anos. Foram descobertos vestígios dessa presença humana em alguns sítios arqueológicos em nosso território: no Piauí e em Minas Gerais.

Em escavações feitas nesses sítios arqueológicos, foram encontrados vestígios de uso de fogo, ossos de animais e instrumentos de pedra lascada, além de fósseis e pinturas rupestres no interior de grutas.

No litoral brasileiro foram encontrados vestígios de grupos pré-históricos nos sambaquis. Ali também havia partes de alguns objetos como machado, facas, peças de cerâmica, arpões etc.

Imagem de uma pintura rupestre brasileira, encontrada no Parque Nacional da Serra da Capivara no Brasil.
Imagem de uma pintura rupestre brasileira, encontrada no Parque Nacional da Serra da Capivara no Brasil.
COMPARTILHE

Faça seu comentário