No transcorrer dos anos, desde 1822, D. Pedro I acumulou inúmeros problemas que acrescentam cada vez mais impopularidade ao seu governo.

Alguns fatores da impopularidade do Imperador foram: a dissolução da Assembleia Constituinte de 1823, a imposição da Constituição de 1824, os custos da Guerra Cisplatina, a preocupação de D. Pedro I com a sucessão do trono de Portugal e as más relações entre o governo imperial e a impressa da época.

Diante dessa situação desfavorável, D. Pedro I resolveu abdicar do trono em favor de seu filho, D. Pedro de Alcântara, que tinha apenas cinco anos de idade. Esse fato ocorreu em 7 de abril de 1831 e marcou o fim do Primeiro Reinado. Começava uma nova fase política de nossa história: a Regência.

D. Pedro I entregando a carta de abdicação ao Major Frias.
D. Pedro I entregando a carta de abdicação ao Major Frias.
COMPARTILHE