No Brasil, o órgão do governo responsável por essa divisão é o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – que obtém, organiza e divulga as informações sobre a realidade brasileira.

Nos dias de hoje, o Brasil encontra-se dividido em cinco grandes regiões: Região Norte, Região Nordeste, Região Sudeste, Região Sul e Região Centro-Oeste. Observe o mapa abaixo, que traz a atual divisão regional brasileira:

Divisões regionais brasileiras.
Divisões regionais brasileiras.

Observe agora a tabela abaixo, que mostra alguns dados físicos e humanos de cada uma das grandes regiões brasileiras.

Características gerais de cada complexo geoeconômico
Região Área em km² Área em % População Residente (2014) Habitantes por km² Unidades da Federação que a compõem
Norte 3.853.676,948 45,27% 17.231.027 4,47 Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Pará e Tocantins.
Nordeste 1.554.291,607 18,27% 56.186.190 36,15 Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.
Sudeste 924.620,678 10,85% 85.115.623 92,05 Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.
Sul 576.774,310 6,76% 29.016.114 50,31 Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Centro-Oeste 1.606.403,506 18,86% 15.219.608 9,47 Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal.
Brasil 8.515.767,049 100% 202.768.562

Também podemos agrupar as cinco regiões em outras três:

  • Região Centro-Sul: corresponde à mais povoada, mais desenvolvida e mais industrializada das regiões brasileiras.
  • Região Nordeste: a primeira região brasileira efetivamente ocupada pelos portugueses. Apresenta graves problemas sociais, tais como altos índices de analfabetismo e mortalidade infantil.
  • Região Amazônica: é a mais despovoada, e sua ocupação é recente, tendo se intensificado nos últimos anos, à medida que avança pela imensa floresta que cobre a maior parte de seu território.
COMPARTILHE