A dança é uma das formas de expressão corporal criadas pelo ser humano. Ela está muito ligada à música. Com ela, podemos comunicar ideias e sentimentos e conhecer melhor as possibilidades do nosso corpo.

A dança é uma forma de expressão.
A dança é uma forma de expressão.

Os significados da dança

As primeiras manifestações de dança, ainda na Pré-História, estavam ligadas aos rituais religiosos. Com o tempo, a dança ganhou novos significados. Há danças populares, que mantêm as tradições da comunidade (cirandas, quadrilha, frevo, etc.). Há também danças ligadas à religião (candomblé, danças indígenas, etc.). Algumas pessoas usam a dança como lazer; outras, para se exercitar; outras, ainda, para expressar sua visão do mundo.

Existe também a dança exercida como profissão. Na Europa, no século XX, o tipo de dança mais apreciado era o balé clássico, que possui regras rígidas e exige dos bailarinos um longo e dedicado aprendizado.

No início do século XX, surgiram dançarinos que revolucionaram a dança. Um exemplo é a dançarina norte-americana Isadora Duncan (1877-1927), que trouxe à dança movimentos livres, inspirados na natureza.

As profissões relacionadas à dança

Tanto em um espetáculo de balé clássico como uma apresentação de dança contemporânea, além dos dançarinos é importante o trabalho conjunto de vários profissionais.

O diretor artístico define o tema do espetáculo e coordena todo o trabalho. Ele conta com o coreógrafo, que cria os movimentos e os passos e orienta os dançarinos; o cenógrafo, que cria o cenário e demais componentes da cena; o compositor, que cria as músicas; o sonoplasta, que seleciona os efeitos sonoros; o iluminador, que cuida dos efeitos de luz; o figurinista, que elabora as roupas dos bailarinos.

Os elementos da dança

O primeiro elemento da dança é o movimento. Quem dança escolhe quais partes do corpo mover de acordo com a intenção que tem: pular, encolher-se, esticar-se, inclinar-se, cair, etc. O modo como esse movimento acontece também é importante: ele pode ser brusco ou suave, rápido ou lendo, leve ou agressivo, etc.

Outro elemento da dança é o espaço. Quem dança, o faz em algum lugar. Esse espaço pode ser ocupado de várias maneiras. A mesma dança, realizada em lugares diferentes (um palco, a rua, um gramado, uma sala, etc.), pode transmitir diferentes sentimentos e ideias para os dançarinos e os espectadores.

Outro elemento da dança é o som (ou a ausência dele). O dançarino pode dançar em total silêncio, ao som de música ou então sob diferentes efeitos sonoros (batidas, sons da natureza, etc.).

Por fim, um importante elemento da dança é o dançarino. Seja ele um profissional ou não, suas características físicas, emocionais, culturais e sociais, ou até mesmo o modo como se veste para dançar, influenciam sua dança.

COMPARTILHE